ASA vence o CSA nos pênaltis e conquista o 1º turno; veja vídeo dos gols

 

No duelo final do primeiro turno do Campeonato Alagoano, após empate por 1 x 1 no tempo normal, o ASA venceu o CSA nos pênaltis por 5 x 3 e levou o título da Copa Alagoas e uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem. Durante os 90 minutos, Caíque abriu o placar para o Fantasma, mas Reinaldo Alagoano empatou para o Azulão. As Rádios Pajuçara FM 103,7 Maceió e 101,9 Arapiraca e o TNH1 transmitiram a partida, que aconteceu no Estádio Municipal.

O Jogo

O primeiro tempo começou com o alvinegro indo para cima e mantendo a posse de bola no seu campo ofensivo. Com isso, o time marujo ficou mais atrás tentando buscar o contra-ataque. A partida estava bastante movimentada e as duas equipes conseguiam chegar rápido na frente, porém, precisavam melhorar no último passe para tentar uma boa conclusão. Mas aos poucos tanto o alvinegro quanto o Azulão otimizaram os passes e passaram a chutar com perigo em alguns momentos, principalmente o ASA. Aos 27 minutos o alvinegro abriu o placar. Caíque recebeu cruzamento pela direita de Didira e apareceu entre os zagueiros para desviar e colocar seu time na frente.

Ainda mantendo mais a bola sob seu domínio, o time da casa também era mais perigoso e finalizava mais do que os visitantes, que estavam com dificuldades para tentar o gol por conta da boa marcação do Fantasma. Aos 33’, Reinaldo Alagoano foi lançado na grande área e chutou forte para o fundo da rede, porém, erroneamente, o bandeirinha marcou impedimento. Mas aos 40 minutos veio a nova oportunidade e Reinaldo não desperdiçou. O camisa 9 recebeu um passe de Afonso e apareceu livre na pequena área para concluir para a meta. Nos minutos finais da etapa, o jogo ficou equilibrado e centrado no meio campo e nada mais aconteceu.

Segundo tempo

A partida recomeçou novamente muito corrida e com ambos os times chegando rápido nos seus ataques. Mas depois o ASA voltou a tentar ficar com a posse de bola por maior tempo e assim ia controlando o duelo. Por outro lado, o Azulão tentava tocar a bola de forma rápida para fazer chegá-la nos atacantes, só que o time marujo chegava com pouco perigo por conta da boa marcação alvinegra. Apesar desse cenário, o confronto tinha poucos lances de perigo, já que quando as oportunidades eram criadas os homens de frente não aproveitavam, faltando mais capricho na finalização.

Com a marcação forte, naturalmente muitas faltas aconteciam, principalmente cometidas pelo CSA. Com isso, a bola parada surgia e se tornava uma boa alternativa para os times tentarem marcar o segundo gol. De tanto correr, da metade para o final da segunda etapa os dois times diminuíram o ritmo de jogo, e assim a partida teve uma esfriada. Porém, o ASA continuou em cima e pressionava com frequência, mas faltava mais objetividade. Quando o alvinegro finalizava bem, o goleiro Jeferson salvava o CSA. Sem mais mudanças no quadro, o jogo terminou empatado, assim como na partida de ida, e a decisão foi para os pênaltis.

 

Cobranças de pênaltis

O primeiro a cobrar foi o lateral Gabriel, do ASA, que chutou forte e acertou o ângulo direito de Jeferson, que foi lá mas não pegou (ASA 1 x 0).

Depois, Zé Paulo, atacante do CSA, bateu o pênalti no meio e o goleiro foi para a esquerda e empatou o duelo (1 x 1)

O lateral Rayro, do ASA, cobrou o terceiro pênalti e mandou com categoria no canto esquerdo de Jeferson, que pulou para o lado contrário (ASA 2 x 1).

A segunda cobrança do CSA foi do volante Marcos Antônio, que chutou de forma parecida e o goleiro também pulou para o lado direito (2 x 2).

Alex Henrique, meia do ASA, foi para a bola em seguida e cobrou com frieza no lado direito do goleiro, que foi para o esquerdo (ASA 3 x 2).

O zagueiro Breno foi para mais uma cobrança para o CSA, chutou fraco e no meio, e o goleiro Marcão defendeu (ASA 3 x 2).

A outra cobrança para o ASA foi do atacante Uederson, que chutou firme no canto esquerdo de Jeferson, que pulou para a direita (ASA 4 x 2).

Chegou a vez do atacante Reinaldo Alagoano bater o pênalti para o CSA. Ele cobrou bem e acertou o canto esquerdo do goleiro, que ficou no meio (ASA 4 x 3).

A última e decisiva cobrança do ASA foi do meia Didira, que mandou alto e na esquerda, sem chances para Jeferson, dando o título ao alvinegro (ASA 5 x 3).

Como fica

Com o placar de 1 x 1, a decisão do título do primeiro turno foi para os pênaltis, já que no jogo de ida as equipes ficaram no empate sem gols. Na decisão, o ASA venceu por 5 x 3 e conquistou a Copa Alagoas. Se alguém vencesse no tempo normal, conquistaria o turno e uma das três vagas de Alagoas na Copa do Brasil de 2016. Conforme regulamento, na final da primeira fase não há vantagem para ninguém de vencer o confronto após dois resultados iguais.

ASA e CSA voltam a se enfrentar na quarta-feira (18), às 20h30 novamente no Estádio Municipal, mas desta vez pelo segundo turno do Estadual. O mando de campo será para o time que conquistou a Copa Alagoas, que é a primeira fase.

Ficha técnica

Campeonato Alagoano 2015 – Primeira Fase – Final – Jogo da Volta (Ida: 0 x 0)

Jogo: ASA 1 x 1 CSA

Gols: ASA- Caíque aos 27’ do 1T/ ASA- Reinaldo Alagoano aos 40’ do 1T

Local: Estádio Municipal, Arapiraca-AL

Data: 15/03 (domingo)

Hora: 16h

Árbitro: José Ricardo Laranjeira (CBF-AL)

Auxiliar 1: Maxwell Rocha da Silva (CBF-AL)

Auxiliar 2: Wagner José da Silva (CBF-AL)

ASA:

12- Marcão

2- Gabriel

3- Lucas Bahia

4- André Nunes

6- Fábio Alves (14-Rayro, no intervalo)

5- Cal

8- Max Carrasco

19- Didira

10- Alex Henrique

11- Marlon (21-Uederson, aos 26’ do 2T)

7- Caíque

Técnico: Vica

Banco ASA: 1-Éder, 13-Chiquinho, 14-Rayro, 15-Edson Veneno (expulso aos 41’ do 2T por reclamação fora do campo), 16-Kessi, 17-Jean, 18-Valdanes, 20-Filipe André, 21-Uederson, 9-Darlan.

CSA:

1- Jeferson

2- Márcio

3- Breno

4- Willian Thuram

6- Paulinho

5- Pierre

7- Sorim

8- Elyeser (17-Rafael Granja aos 35’ do 1T)

10- Elvis (20-Zé Paulo aos 35’ do 1T)

11- Afonso (16-Marcos Antonio, aos 30’ do 2T)

9- Reinaldo Alagoano

Técnico: Nedo Xavier

Banco CSA: 12-Remerson, 13-Fabiano, 14-Samuel, 15-Sérgio, 16-Marcos Antonio, 17-Rafael Granja, 18-Damião, 19- Rony, 20-Zé Paulo.

 

Fonte: TNH1


Voltar

Faça seu comentário

(pajuçara.com não é responsável pelos comentários deixados no site.)

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>